top of page

Cânion Encantado


Cânion Encantado. 📷 Turismo Tocantins - TO

O nome já diz tudo, Cânion Encantado! Esse cânion de rara beleza está localizado na Região Norte do País — na região turística denominada Serras Gerais —, mais precisamente na comunidade Serra Negra, no Vale do Encantado, que se encontra a 70 km do centro da cidade de Almas, no estado do Tocantins. Ele fica a 336 km da capital, Palmas.


Cânion Encantado por dentro. 📷Clóvis Cruvinel
Cachoeira com poço. 📷Clóvis Cruvinel

Para conhecê-lo, existem opções de trilhas aquáticas e por terra, essa última por dentro do cânion ou por cima. O acesso por terra e por dentro do cânion exige uma caminhada de mais de 2 horas, em torno de 12 km, com paradas para contemplação e banhos nas piscinas naturais e cachoeiras. A trilha aquática por dentro dos paredões de 74 metros de altura do cânion somente é permitida no período da seca, para se evitar os riscos de tromba d'água nas cachoeiras.

Esse período compreende os meses de abril a novembro, e nele é possível avistar apenas duas cachoeiras com água. Essa trilha é considerada de nível intermediário/difícil, tudo depende do condicionamento físico do aventureiro, pois a parte mais pesada do caminho são os metros iniciais de decida vale adentro e o retorno com a subida.

A época mais recomendada para visitar o cânion é no período do fim da temporada de chuva, que vai de dezembro a março, e o início da seca, quando é possível encontrar as quatro cachoeiras com água. Porém, é na época das chuvas que é possível ver as quatro quedas d'água em toda a sua exuberância. Elas têm mais de 70 m de altura e caem pelo paredão, formando um pequeno lago ao redor de uma prainha no fundo do cânion. Contudo, devido à força da água em razão da altura de onde caem, não é permitido tomar banho no local.


Cânion Encantado Período das Chuvas. 📷Seriema Ecoturismo

As águas que formam as cachoeiras são provenientes de minas d'água existentes nas veredas, que jorram e se encontram no fundo do cânion, formando um córrego que alimenta a vegetação local.

Independente da época em que for visitado, o cânion nos promete nada mais do que muito encantamento com toda a sua beleza e imponência.

A forma de contemplar e avistar o fundo do cânion é fazendo a trilha por cima. Ao final do caminho, quando se chega à parte de cima, é possível fazer uma ancoragem, que é uma das técnicas do rapel na qual se prende uma corda e a pessoa fica pendurada, parada, na borda do cânion contemplando o seu fundo e a beleza da paisagem.

Qualquer que seja o percurso escolhido, a vista, a paisagem, será um espetáculo aos olhos. E aí, nos diga o que achou desse novo cânion? Curta, comente, siga o nosso blog e venha se encantar com nossos posts.



127 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo